Curso de mecatrônica e automação durante as férias

Curso de mecatrônica e automação durante as férias

No mês de julho, a Universidade de São Paulo (USP) promove atividades para o período de férias escolares. Uma delas é o curso “Escola Avançada de Engenharia Mecatrônica” (EAEM), que será realizado entre 30 de junho e 7 de julho. A iniciativa é voltada para estudantes da 3ª série do Ensino Médio/Técnico ou alunos já formados no Ensino Médio, mas que não ingressaram no Ensino Superior.

As inscrições podem ser feitas até dia 21 de abril, às 23h59. O edital pode ser consultado pela internet. O curso busca oferecer uma introdução à universidade e possibilidades de atuação aos alunos.

“Nosso objetivo é promover um primeiro contato universitário e incentivar o ingresso em Engenharia Mecatrônica”, explica Gabriel de Moura Machado, coordenador da EAEM 2019 e ex-participante da turma de 2016.

Serão abordadas quatro áreas fundamentais da área: Mecânica, Elétrica, Computação e Controle. As aulas são ministradas por professores doutores da USP e os participantes devem entregar um projeto final que integra as áreas do conhecimento.

“Esperamos que os estudantes tenham uma visão mais abrangente sobre o que é engenharia mecatrônica e se sintam encorajados a seguirem carreira nessa área”, ressalta Bruna Sayuri de Souza Suzuki, coordenadora do EAEM 2019.

Inovações

Além disso, a iniciativa apresenta inovações e atualizações do setor. “Há uma demanda crescente de colaboradores que tenham não apenas conhecimentos técnicos, mas também competências interpessoais para lidar com projetos complexos. Nesse sentido, a EAEM pode ser considerada parte integrante da formação técnica e humana do aluno participante”, acrescenta Gabriel de Moura Machado.

Participante da 10º edição da EAEM, Vinícius Ken Sassaki destaca que o curso promove um contato de fundamental importância para a vida acadêmica. “A atividade me deu a oportunidade de conhecer a Escola Politécnica e ter aula com alguns dos melhores professores do mundo, além de possibilitar a mim fazer amizades com alunos do País todo”, revela.

Bruna Maia Barbosa, que veio do Piauí para participar da EAEM de 2016, relata que o curso foi a realização de um sonho. “Quis vir para a USP para fazer Engenharia. E eu vim, passei uma semana dormindo na USP, fazendo todas as refeições na universidade, com professores, e o melhor: fazendo um projeto de Mecatrônica. Isso me deu uma visão maior de Engenharia”, salienta.

A EAEM inclui gratuitamente estadia nas dependências da USP, material didático e alimentação parcial (almoço e jantar no restaurante da universidade de segunda a sexta-feira e almoço no sábado). Para a alimentação extra, que inclui cafés da manhã de segunda a sábado e jantares do primeiro domingo e sábado, a organização pede a quantia de R$ 100 de cada aluno.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

1 Comment
  • A WordPress Commenter
    Posted at 13:06h, 28 fevereiro Responder

    Hi, this is a comment.
    To get started with moderating, editing, and deleting comments, please visit the Comments screen in the dashboard.
    Commenter avatars come from Gravatar.

Post A Comment

Contato